Conduzir e Operar com o Trator em Segurança para Técnicos

280.00

Formadores

Descrição


Localidade
Online em b-learning




Data Início
28/03/2023




Data Fim
21/04/2023




Cronograma




Observações
Vai decorrer online, pelo que os/as formandos/as deverão possuir os recursos tecnológicos recomendados.




Inscreva-se



Artigos 6.º e 7.º da Portaria n.º 354/2013, de 9 de dezembro, que estabelecem:
– Os critérios específicos do curso, de ingresso dos formandos e de seleção dos formadores;
– As condições específicas de organização e as particulares para a realização das ações de
formação, bem como as condições específicas para a realização da avaliação de
aprendizagem do curso referido, cujo programa está disponível no sítio da DGADR.


Idade Mínima: 20
Idade Máxima: 70
Situação:

Habilitações Mínimas: Bacharelato
Habilitações Específicas: Nível 4 ou equivalente da área das Ciências Agrárias.

Os formandos deverão possuir:
. Curso “Base de mecanização agrícola (BMA)”, ou equivalente, homologado pelo Ministério da Agricultura com licença de condução de veículos agrícolas da categoria II ou III;
ou
. Curso “Mecanização básica e condução de veículos agrícolas da categoria II ou III (MBCVA)” homologado pelo Ministério da Agricultura, ou equivalente, com licença de condução de veículos agrícolas da categoria II ou III;
. Ficam excecionados da apresentação de comprovativos da habilitação profissional os detentores de habilitação = Nível 5 de mecanização agrícola, com licença de condução de veículos agrícolas da categoria II ou III, obtida na sequência dessa habilitação.

Permite-se a análise casuística a detentores da habilitação literária de nível IV ou equivalente, com licença de condução de veículos agrícolas da categoria II ou III, obtida na sequência dessa habilitação.


Atualizar os conhecimentos teóricos e práticos dos formadores na área da mecanização agrícola e condução de veículos agrícolas, designadamente sobre condução e operação de tratores em segurança tendo em vista a melhoria do seu desempenho.


Introdução ao curso
M1- Acidentes com tratores em Portugal
M2 – Caraterísticas do trator agrícola
M3 – Condução e prevenção rodoviária com veículos agrícolas – Código da Estrada, e Normas aplicáveis
M4 – Veículo seguro – Equipamento de segurança e proteção coletiva do trator – Código do Trabalho e Normas Aplicáveis
M5 – Equipamento de proteção individual
M6 – Conduzir e operar com o trator em segurança
M7 – Conduzir o trator em condições perigosas e operar com orgãos ativos
M8 – Intervenção técnico-pedagógica do formador
Avaliação

M8 – Intervenção técnico-pedagógica do formador



6 – Formação em B-learning (turma)


1- Tipos de avaliação
1.1. De reação – A efetuar no final da ação de formação.
1.2. De conhecimentos:
? Formativa: A efetuar ao longo da ação de formação. Módulo a módulo. – O sistema de avaliação deverá prever avaliações parciais módulo a módulo e ainda a autoavaliação por parte dos utilizadores em formação, possibilitando verificar e testar os conhecimentos e permitir a sua progressão ao longo da formação.
? Sumativa: No final da ação são efetuadas duas provas de avaliação de conhecimentos:
– Uma prova teórica, que consiste num teste escrito incidindo sobre os conteúdos de todos os módulos;
– Uma prova prática que incide sobre as aptidões e comportamento do formando perante uma situação e realiza-se através da simulação de uma sessão formativa dirigida a operadores de trator, sobre um módulo ou unidade de formação do Curso “Conduzir e operar o trator em segurança”. Ambas as provas são realizadas individualmente.

2. Instrumentos de Avaliação de Conhecimentos – Fichas; Trabalhos individuais; Trabalhos em grupo; Outros.

3. Critério de Avaliação de conhecimentos – As provas são pontuadas de 0 a 20 valores.
Os formandos que demonstrem assiduidade na ação de formação e que obtenham a pontuação igual ou superior a 10 valores nas provas de avaliação teórica e prática será atribuída a classificação final “Com aproveitamento.”


Confere Certificado de Qualificações, emitido pelo Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa (SIGO) do Ministério da Educação, conforme Portaria nº 474/2010, de 8 de Julho, com enquadramento legal no Sistema Nacional de Qualificações – Decreto-Lei nº 396/2007.
Certificado de Formação Profissional homologado pela DGADR e aquisição de competências especificas para ser técnico ou formador da componente em causa.