Centro de Formação Profissional

Constituído por uma equipa de coordenadores, técnicos e formadores internos com larga experiência na área da educação e formação profissional, tem por missão responder às principais necessidades de qualificação da população e das organizações.

 

O Centro de Formação Profissional da Consultua focaliza a sua ação na realização de:

  • Diagnósticos de necessidades;
  • Planificação da formação, organização, execução e avaliação de ações de formação;
  • Conceção de ações e recursos técnico-pedagógicos para formação presencial e b-learning.

 

Estamos certificados pela DGERT para o desenvolvimento de cursos de formação , centrando a sua atividade no desenvolvimento de:

  • Formação certificada pela DRAPN, destinada a agricultores nas áreas de Produtos Fitofarmacêuticos e Agricultura Sustentada.
  • Formação Certificada pela DGADR, destinada a técnicos agrícolas nas áreas de Produtos Fitofarmacêuticos e Agricultura Sustentada;
  • Formação individual e coletiva de iniciação, atualização ou especialização;
  • Formação com base em UFCD do  Catálogo;
  • Formação à Medida para empresas, mediante um diagnóstico de necessidades;
  • Formação Homologada pelo IEFP – Curso de Formação Pedagógica Inicial de Formadores;
  • Formação Homologada pela ACT – Curso de Técnico Superior de Higiene e Segurança no Trabalho e atualização;
  • Formação Homologada pelo ANPC – Autoridade Nacional de Proteção Civil
  • Cursos financiados pelos diversos programas operacionais (POCH, POISE, POCI) e Cheque – Formação
  • Formação e-learning e b-learning – moodle.

Para se inscrever nos nossos cursos

Para visualizar e/ou efetuar o download dos manuais Consultua, deverá clicar no botão abaixo, e induzir os seus dados de acesso da Secretaria Digital Consultua

Informática

Manual de Informática Base


Este manual tem como objetivo apoiar os formandos no desenvolvimento de competências básicas na área da informática, cativando a sua atenção e motivando o formando, no sentido de descobrir a importância da sua utilização, de rever, aplicar, consolidar e avaliar as competências adquiridas ao longo das sessões de formação. Por outro lado, pretende também sugerir pistas de trabalho para as equipas formativas. É nossa pretensão que este recurso possa contribuir para uma maior eficácia das aprendizagens na área da informática e consequentemente uma maior difusão na sua utilização.

CURSO DE INFORMÁTICA – DOS DADOS À INFORMAÇÃO – MANUAL FORMANDO

Autor: CONSULTUA – Ensino e Formação Profissional, Lda.

Data: 2007

Resumo: Este recurso tem como destinatários formandos e formadores dos cursos de formação inicial em informática e adultos que pretendam aprofundar as suas competências ao nível das ferramentas básicas da informática, Sistemas Operativos, Word, Excel, PowerPoint e Internet. O Manual tem como principais objetivos apoiar os formandos no desenvolvimento de competências básicas na área da informática, cativando a sua atenção e motivando-os no sentido de descobrir a importância da sua utilização, de rever, aplicar, consolidar e avaliar as competências adquiridas ao longo das sessões de formação. Pretende ainda facilitar o estudo individualizado, permitindo a autoavaliação das aprendizagens e contribuindo para uma maior eficácia da aprendizagem; apresentar, de forma estruturada, alguns instrumentos de trabalho, sob uma abordagem prática do Curso, contribuindo para uma maior eficiência da execução e a uma maior eficácia no alcance dos objetivos de aprendizagem.

 

CURSO DE INFORMÁTICA – DOS DADOS À INFORMAÇÃO – MANUAL FORMADOR

Autor: CONSULTUA – Ensino e Formação Profissional, Lda.

Data: 2007

Resumo: Este recurso tem como destinatários formandos e formadores dos cursos de formação inicial em informática e adultos que pretendam aprofundar as suas competências ao nível das ferramentas básicas da informática, Sistemas Operativos, Word, Excel, PowerPoint e Internet. O Manual tem como principais objetivos apoiar os formandos no desenvolvimento de competências básicas na área da informática, cativando a sua atenção e motivando-os no sentido de descobrir a importância da sua utilização, de rever, aplicar, consolidar e avaliar as competências adquiridas ao longo das sessões de formação. Pretende ainda facilitar o estudo individualizado, permitindo a autoavaliação das aprendizagens e contribuindo para uma maior eficácia da aprendizagem; apresentar, de forma estruturada, alguns instrumentos de trabalho, sob uma abordagem prática do Curso, contribuindo para uma maior eficiência da execução e a uma maior eficácia no alcance dos objetivos de aprendizagem.

Técnico Superior de Segurança e Higiene no Trabalho (TSSHT)

 

Coleção de materiais para cursos TSSHT

 

Os manuais pedagógicos para os módulos de Avaliação de Riscos, Controle de Riscos Profissionais, Gestão da Prevenção e Psicossociologia do Trabalho, surgem integrados no âmbito do curso de Técnico Superior de Segurança e Higiene do Trabalho e têm como objetivo auxiliar o formando no aprofundamento das suas aprendizagens, constituem um método adicional de que o formando dispõe para atingir o conhecimento, promovendo a interação entre os vários domínios do saber, contribuindo para uma maior eficácia das suas aprendizagens. Pretende também fornecer pistas de trabalho para as equipas formativas. Pretende-se que estes materiais possam contribuir para uma melhoria nos desempenhos dos profissionais no exercício da profissão de Técnico Superior de Segurança e Higiene no Trabalho, auxiliando as empresas e contribuindo para a sua competitividade.

 

CONTROLE DE RISCOS – MANUAL DO FORMANDO

Autor: CONSULTUA – Ensino e Formação Profissional, Lda.

Data: 2007

Resumo: Este recurso apresenta o módulo de Controle de Riscos, componente curricular do curso de Técnico Superior de Segurança e Higiene do Trabalho, nível V, e visa contribuir para aprofundar saberes científicos e técnicos, apresentando, de forma estruturada, alguns instrumentos de trabalho e facultando uma abordagem prática do módulo.

CONTROLE DE RISCOS – MANUAL DO FORMADOR

Autor: CONSULTUA – Ensino e Formação Profissional, Lda.

Data: 2007

Resumo: Este recurso apresenta o módulo de Controle de Riscos, componente curricular do curso de Técnico Superior de Segurança e Higiene do Trabalho, nível V, e visa contribuir para aprofundar saberes científicos e técnicos, apresentando, de forma estruturada, alguns instrumentos de trabalho e facultando uma abordagem prática do módulo.

GESTÃO DA PREVENÇÃO – MANUAL DO FORMADOR

Autor: CONSULTUA – Ensino e Formação Profissional, Lda.

Data: 2007

Resumo: Este recurso apresenta o módulo de Gestão da Prevenção, componente curricular do curso de Técnico Superior de Segurança e Higiene do Trabalho, nível V, e visa contribuir para aprofundar saberes científicos e técnicos, apresentando, de forma estruturada, alguns instrumentos de trabalho e facultando uma abordagem prática do módulo.

GESTÃO DA PREVENÇÃO – MANUAL DO FORMANDO

Autor: CONSULTUA – Ensino e Formação Profissional, Lda.

Data: 2007

Resumo: Este recurso apresenta o módulo de Gestão da Prevenção, componente curricular do curso de Técnico Superior de Segurança e Higiene do Trabalho, nível V, e visa contribuir para aprofundar saberes científicos e técnicos, apresentando, de forma estruturada, alguns instrumentos de trabalho e facultando uma abordagem prática do módulo.

AVALIAÇÃO DE RISCOS PROFISSIONAIS – MANUAL DO FORMANDO

Autor: CONSULTUA – Ensino e Formação Profissional, Lda.

Data: 2007

Resumo: Este recurso apresenta o módulo de Avaliação de Riscos Profissionais, componente curricular do curso de Técnico Superior de Segurança e Higiene do Trabalho, nível V, e visa contribuir para aprofundar saberes científicos e técnicos, apresentando, de forma estruturada, alguns instrumentos de trabalho e facultando uma abordagem prática do módulo.

PSICOSSOCIOLOGIA DO TRABALHO – MANUAL DO FORMADOR

Autor: CONSULTUA – Ensino e Formação Profissional, Lda.

Data: 2007

Resumo: Este recurso apresenta o módulo de Psicossociologia do Trabalho, componente curricular do curso de Técnico Superior de Segurança e Higiene do Trabalho, nível V, e visa contribuir para aprofundar saberes científicos e técnicos, apresentando, de forma estruturada, alguns instrumentos de trabalho e facultando uma abordagem prática do módulo.

Coleção de materiais para a Educação e Formação de Adultos (EFA)

 

Coleção de materiais para cursos EFA

Esta coleção visa a divulgação de um olhar técnico-pedagógico, materializado em estratégias, práticas e instrumentos de trabalho que permitem a identificação, aquisição e/ou aprofundamento de competências por parte do adulto que participe num processo de reconhecimento, validação e certificação, num curso de Educação e Formação de Adultos ou em Ações de Curta Duração. Dirige-se ainda a todos os profissionais de Educação e Formação de Adultos, quer da componente de formação de base, quer da componente de formação tecnológica. Estes materiais têm por base o Referencial de Competências-Chave, desenvolvendo-se em torno dos temas de vida “Trabalho e Emprego”, “ Saúde”, “Comunidade” e “Direitos Humanos”. Situam-se nos níveis B2 e B3 e, dentro destes, nas Unidades “A”, “B”, “C” e “D” das quatro áreas de competência-chave. Subdividem-se em quatro secções: a primeira integra Propostas de Trabalho (sugestões de abordagem às áreas de competência, com estratégias de trabalho individual e de grupo), a segunda trata da autoavaliação (um momento de paragem e reflexão, que permite fazer um balanço de competências por parte do adulto), a terceira intitulada “Utilitários” (engloba instrumentos de trabalho que pretendem sustentar e facilitar o percurso autónomo de formação dos formandos) e por fim, a quarta, Soluções, com algumas orientações e indicações para a resolução de alguns dos desafios lançados.

 

LINGUAGEM E COMUNICAÇÃO – DA COMUNICAÇÃO À EXPRESSÃO, B2

Autor: CONSULTUA – Ensino e Formação Profissional, Lda.

Data: 2007

Resumo: Este recurso, dirigido ao formador e ao formando/adulto, permite, em processos de formação e RVC, reconhecer, aprofundar e/ou adquirir competências na área de Linguagem e Comunicação, nível B2, à luz do Referencial de Competências-Chave. Articula a sua estratégia pedagógica em torno de dois elementos conceptuais: Tema de Vida e Desafio/Questão Geradora, trabalhando o domínio da oralidade (através do recurso a uma galeria áudio), leitura, escrita e linguagem não verbal.

LINGUAGEM E COMUNICAÇÃO – DA COMUNICAÇÃO À EXPRESSÃO, B3

Autor: CONSULTUA – Ensino e Formação Profissional, Lda.

Data: 2007

Resumo: Este recurso, dirigido ao formador e ao formando/adulto, permite, em processos de formação e RVC, reconhecer, aprofundar e/ou adquirir competências na área de Linguagem e Comunicação, nível B3, à luz do Referencial de Competências-Chave. Articula a sua estratégia pedagógica em torno de dois elementos conceptuais: Tema de Vida e Desafio/Questão Geradora, trabalhando o domínio da oralidade (através do recurso a uma galeria áudio), leitura, escrita e linguagem não verbal.

MATEMÁTICA PARA A VIDA, B2

Autor: CONSULTUA – Ensino e Formação Profissional, Lda.

Data: 2007

Resumo: Este recurso, dirigido ao formador e ao formando/adulto, permite, em processos de formação e RVC, reconhecer, aprofundar e/ou adquirir competências na área de Matemática para a Vida, nível B2, à luz do Referencial de Competências-Chave. Articula a sua estratégia pedagógica em torno de dois elementos conceptuais: Tema de Vida e Desafio/Questão Geradora. O manual pretende orientar para a interpretação, organização, análise e comunicação de informação utilizando processos e procedimentos matemáticos; para o uso da matemática na análise e resolução de problemas e situações problemáticas, para a compreensão e uso de conexões matemáticas em contextos de vida e para o raciocínio matemático, nomeadamente de forma indutiva e de forma dedutiva.

MATEMÁTICA PARA A VIDA, B3

Autor: CONSULTUA – Ensino e Formação Profissional, Lda.

Data: 2007

Resumo: Este recurso, dirigido ao formador e ao formando/adulto, permite, em processos de formação e RVC, reconhecer, aprofundar e/ou adquirir competências na área de Matemática para a Vida, nível B2, à luz do Referencial de Competências-Chave. Articula a sua estratégia pedagógica em torno de dois elementos conceptuais: Tema de Vida e Desafio/Questão Geradora. O manual pretende orientar para a interpretação, organização, análise e comunicação de informação utilizando processos e procedimentos matemáticos; para o uso da matemática na análise e resolução de problemas e situações problemáticas, para a compreensão e uso de conexões matemáticas em contextos de vida e para o raciocínio matemático, nomeadamente de forma indutiva e de forma dedutiva.

CIDADANIA E EMPREGABILIDADE, B2

Autor: CONSULTUA – Ensino e Formação Profissional, Lda.

Data: 2007

Resumo: Este recurso, dirigido ao formador e ao formando/adulto, permite, em processos de formação e RVC, reconhecer, aprofundar e/ou adquirir competências na área de Cidadania e Empregabilidade, nível B2, à luz do Referencial de Competências-Chave. Articula a sua estratégia pedagógica em torno de dois elementos conceptuais: Tema de Vida e Desafio/Questão Geradora, explorando competências para trabalhar em grupo, competências de adaptabilidade e flexibilidade, competências de educação formação ao longo da vida e competências de relacionamento interpessoal.

CIDADANIA E EMPREGABILIDADE, B3

Autor: CONSULTUA – Ensino e Formação Profissional, Lda.

Data: 2007

Resumo: Este recurso, dirigido ao formador e ao formando/adulto, permite, em processos de formação e RVC, reconhecer, aprofundar e/ou adquirir competências na área de Cidadania e Empregabilidade, nível B3, à luz do Referencial de Competências-Chave. Articula a sua estratégia pedagógica em torno de dois elementos conceptuais: Tema de Vida e Desafio/Questão Geradora, explorando competências para trabalhar em grupo, competências de adaptabilidade e flexibilidade, competências de educação formação ao longo da vida e competências de relacionamento interpessoal.

TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E DA COMUNICAÇÃO, B2

Autor: CONSULTUA – Ensino e Formação Profissional, Lda.

Data: 2007

Resumo: Este recurso, dirigido ao formador e ao formando/adulto, permite, em processos de formação e RVC, reconhecer, aprofundar e/ou adquirir competências na área das TIC, nível B2, à luz do Referencial de Competências-Chave. Articula a sua estratégia pedagógica em torno de dois elementos conceptuais: Tema de Vida e Desafio/Questão Geradora, resultando numa ferramenta orientadora para operar, em segurança, equipamento tecnológico diverso, realizar, em segurança, operações várias no computador, utilizar um programa de processamento de texto e usar a Internet para obter e transmitir informação.

TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E DA COMUNICAÇÃO, B3

Autor: CONSULTUA – Ensino e Formação Profissional, Lda.

Data: 2007

Resumo: Este recurso, dirigido ao formador e ao formando/adulto, permite, em processos de formação e RVC, reconhecer, aprofundar e/ou adquirir competências na área das TIC, nível B3, à luz do Referencial de Competências-Chave. Articula a sua estratégia pedagógica em torno de dois elementos conceptuais: Tema de Vida e Desafio/Questão Geradora, resultando numa ferramenta orientadora para operar, em segurança, equipamento tecnológico designadamente o computador, utilizar uma aplicação de folhas de cálculo, utilizar um programa de processamento de texto e de apresentação de informação e usar a Internet para obter, transmitir e publicar informação.

ROTINAS DE CONTABILIDADE BÁSICA, B3

Autor: CONSULTUA – Ensino e Formação Profissional, Lda.

Data: 2007

Resumo: Este recurso, dirigido ao formador e ao formando, permite, em processos de formação reconhecer, aprofundar e/ou adquirir competências nas Unidades de Formação de Curta Duração (UFCD) relativas à área de formação Secretariado e Trabalho Administrativo, para o futuro assistente administrativo(a), de nível 2. Articula a sua estratégia pedagógica em torno de dois elementos conceptuais: Desafio e Proposta de Trabalho, orientando o formando no desenvolvimento das actividades que vão de encontro às UFCD – Formação Tecnológica: Património, inventário e balanço de uma empresa, Rotinas de contabilidade – contas, escrituração comercial e lançamentos, Plano oficial de contabilidade – principais contas e Livros e mapas contabilísticos.

HORTICULTURA BIOLÓGICA, B3

Autor: CONSULTUA – Ensino e Formação Profissional, Lda.

Data: 2007

Resumo: Este recurso, dirigido ao formador e ao formando, permite, em processos de formação reconhecer, aprofundar e/ou adquirir competências nas Unidades de Formação de Curta Duração (UFCD) relativas à área de formação Produção Agrícola e Animal, para o futuro operador(a) agrícola – Horticultura Biológica, de nível 2. Articula a sua estratégia pedagógica em torno de dois elementos conceptuais: Desafio e Proposta de Trabalho, orientando o formando no desenvolvimento das actividades que vão de encontro às UFCD – Formação Tecnológica: Enquadramento da horticultura nos princípios da agricultura biológica, Instalação de cultura hortícola nos princípios da agricultura biológica, Instalação de culturas aromáticas e condimentares nos princípios da agricultura biológica, Instalação de culturas medicinais nos princípios da agricultura biológica, Instalação de culturas – hortícola/aromáticas/medicinais – nos princípios da agricultura biológica, Protecção fitossanitária de culturas hortícolas, aromáticas e medicinais, nos princípios da agricultura biológica, Podas, regas, sachas/amontoas e fertilizações/correções de culturas hortícolas, aromáticas e medicinais, nos princípios da agricultura biológica, Colheita de culturas hortícolas, aromáticas e medicinais nos princípios da agricultura biológica e Colheita, normalização e acondicionamento de frutos nos princípios da agricultura biológica.